Avançar para o conteúdo principal

Kovozávody Prostějov, da Checoslováquia com amor...

A Kovozávody Prostějov e uma marca oriunda da Checoslováquia e que fez historia na década de 60 e 70. Passou depois por algumas dificuldades e acabou por desaparecer no mercado, ate que no Verão de 2013, voltou a aparecer, num regresso marcado por uma aposta em qualidade e não quantidade. Desde o primeiro momento que os novos proprietários tiveram sempre em mente, a edição de modelos que fizessem parte da historia do pais, e que esses mesmos modelos, baseados em plástico de injecção, fossem de extrema qualidade.
Agora, um ano passado desde o ressurgimento, a empresa acaba de colocar no mercado algumas preciosidades, que por certo irão fazer as delicias de todos os modelistas.Duas das caixas tem referencias diferentes para dois modelos do Avia S-199, que mais não é do que uma versão pós-guerra do Messerschmitt BF 109, construido na Checoslovaquia, e ainda duas referencias para o Letov S-20, um biplano tamb]em construído na Checoslováquia dos anos 20.

Quanto a historia dos modelos representados: o Avia S-199 foi um caça com motor de pistão, construído já após a 2ª guerra mundial, pelas duas fábricas de aviões da Checoslováquia; uma delas a "Závod Avia" (1946-48) e a outra "Závod Avia - Jiřího Dimitrova (Avia - George Dimitroff, 1948-49) na localidade de Čakovice perto de Praga.
Este caça foi construído baseado nos planos deixados para trás pela produção aeronáutica da Luftwaffe, que no tempo da ocupação germânica, produziam o BF-109 naquelas instalações.

Apesar de numerosos problemas e a pouca popularidade entre os pilotos, este caça conquistou alguma fama como sendo o primeiro caça em uso pela Força Aérea do recém criado país de Israel. Efetivamente, foi utilizado na guerra de 1948.
Os pilotos checos alcunharam o S-199 de Mezek (Mula), enquanto os pilotos israelitas chamaram-no de (faca em hebraico). Mas na prática, este caça era mais conhecido por Messerschmitt ou Messer (também significa faca em alemão e Yiddish). 
Entre 1947 e 1949 foram construídos 603 Messer, tendo este voado até 1957.
Já o Letov Š-20 foi um caça produzido na Checoslováquia durante a década de 1920.

Foi um biplano convencional, de único lugar com asas não balanceadas apoiadas por uma estrutura em forma de N. Na aparência geral, assemelhava-se muito contemporâneo caça SPAD. A fuselagem e empenagem eram de construção em tubo de aço soldado e coberto de tecido. As asas tinham um mastro de metal tubular, mas não fosse de madeira, e também tecido de pele.
A Força Aérea da Checoslováquia comprou 105 máquinas e 10 exemplares foram produzidos para a Lituânia sob a designação S-20L. Estes permaneceram em serviço até 1936 e 1935 respectivamente.

Podem desde ja reservar os modelos apresentados no link direto da loja http://shop.hobbycenter.pt/brands/kovozavody-prostejov-24615

Até breve com mais noticias.

A equipa |H|O|B|B|Y|C|E|N|T|E|R|

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Decalques do Casa C.212-100 Aviocar da FAP.

Quase a chegar às montras e prateleiras das lojas - segundo a marca, chega a tempo das prendinhas de Natal - foram divulgadas mais imagens dos decalques que vão acompanhar o kit da Hobby Special para o Casa C.212-100, a 2ª proposta do mesmo kit, já que irá ser lançada no próximo dia 25, a versão que incluí possibilidade de serem feitas aeronaves de Espanha, Chile ou Colômbia.






A versão "Portuguese Tail Art", com o nº SH72376, vai incluir decalques para dois Aviocar da Força Aérea Portuguesa; o 16507 com a decoração especial dos 50 anos da Esquadra 502 "Elefantes" e o 16517, com a decoração comemorativa das 160000 horas de voo. Saliente-se ainda que irá acompanhar este kit, uma folha com a restante sinalética do avião.

Conjunto de tintas para a FAP - volume 2 - da Hataka.

Já se encontram à venda nas melhores lojas, a continuação da série "Modern Portuguese AF paint set - vol. 2" da marca Hataka Hobby.
Este 2º volume incluí 8 frascos de tintas indicadas para a camuflagem da maioria das aeronaves em serviço na Força Aérea Portuguesa após a década de 80 e até aos nossos dias.
As referências da Federal Standard incluídas são:
HTK-A012 – Pele escura – FS30219, utilizado no esquema de camuflagem das superficies superiores dos Fiat G.91, A-7P, Alpha Jet, SA 330 Puma, Alouette II & III e AW101;
HTK-A016 – Verde escuro – FS34079, utilizado no esquema de camuflagem das superfícies superiores dos Fiat G.91, A-7P, Alpha Jet, SA 330 Puma, Alouette II & III e AW101;

HTK-A021 – Verde médio – FS34102, utilizado no esquema de camuflagem das superfícies superiores dos Fiat G.91, A-7P, Alpha Jet, SA 330 Puma, Alouette II & III e AW101;
HTK-A039 – Cinzento camuflagem – FS36622, utilizado no esquema de camuflagem das superfícies inferiores dos Fiat G.91 R3 …

Special Hobby justifica atraso do lançamento do kit do Casa C.212

A Special Hobby voltou a atrasar o lançamento do kit do avião Casa C.212, com algumas imperfeições em peças mais pequenas, coisa que entretanto já está na fase da assemblagem de teste.
Este atraso, que implicou retificação dos moldes, é responsável pelo avançar da data de lançamento do kit, apontada agora para Setembro próximo.
A empresa espera nessa altura e por ocasião do certame "E-Day", que decorrerá em Praga a 23, ter já o kit à escala 1/72 disponível pelo menos nos distribuidores europeus... Por enquanto, e para aguçar o apetite de todos os modelistas-colecionadores da temática Força Aérea Portuguesa, vamo-nos deliciando com as soberbas fotos do novo ensaio da montagem da maqueta do Aviocar... Ai que bem que vai ficar com os decalques para a versão Portuguesa.