Avançar para o conteúdo principal

Novidades Mikromir.

Felizmente que nos últimos dias, apesar de toda a tensão que prolifera na zona, as marcas do leste oriundas da Ucrânia, estão novamente a dar sinal de saúde, isto após semanas e semanas sem contacto com algumas delas.
É o caso da Mikromir, que assim de uma só vez, apresenta algumas preciosidades ao mundo do modelismo estático. Outro dia iremos voltar à Mikromir e às novidades, mas entre elas, surgiu uma curiosidade há muito desejada na escala 1:144 e torna-se necessário referi-la já.

Trata-se de um dos três V's, bombardeiros do tempo da guerra fria e que constituíam a espinha dorsal de dissuasão nuclear da Grã-Bretanha.
O Vickers Valiant foi um bombardeiro quadrijato britânico, que fez parte da força nuclear da RAF nas décadas de 1950 e 1960. O Valiant, juntamente com o Vulcan e o Victor, compunha o chamado grupo de bombardeiros V (V-bombers), que era responsável pela dissuasão nuclear do Reino Unido. O Valiant foi originalmente desenvolvido como um bombardeiro estratégico de grande altitude, mas assim como os
outros V-bombers, teve seu perfil modificado para ataques com penetração a baixa altitude. O voo a baixa altitude trouxe uma série de problemas, visto que as fixações das asas mostraram fadiga de material prematura, e a presença de corrosão intra-cristalina apontou para um tipo inapropriado de liga de alumínio. O Valiant havia sido o primeiro dos bombardeiros V a se tornar operacional, e sua função já estava se desviando para a de avião-tanque. Em vez de reparar ou reconstruir a frota, optou-se pela sua retirada de serviço, e o Handley Page Victor assumiu então o papel de avião-tanque.




Este kit da Mikromir, à primeira vista, apresenta umas peças de plástico já com alguma qualidade, o que por certo, não porá em risco o trabalhar das mesmas, com o surgimento de problemas de encaixes desenquadrados, lima e lixa em excesso, etc.
Os decalques também já denotam algum cuidado por parte da marca, pois para além das insígnias habituais, apresenta também uma série enorme de letterings de aviso e informação, habituais nos modernos aviões.
Por último refira-se que este kit vem acompanhado de uma folha com peças em metal foto-gravado, o que para além de encarecer o kit, lhe dará alguma qualidade nos finíssimos detalhes de acabamento.
Como referi, deverá ser um kit em que de bom agrado se perderá algumas e longas horas a aperfeiçoa-lo mas quando estiver pronto, terá mesmo valido a pena.

Mais informações sobre estes e outros kits da Mikromir poderão ser encontradas directamente no link http://shop.hobbycenter.pt/brands/mikromir-24627

Até breve com mais noticias.

A equipa |H|O|B|B|Y|C|E|N|T|E|R|

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Caixa de ferramentas em metal fotogravado da Highligh Model Studio.

A Highlight Model Studio é uma marca finlandesa, que se dedica ao design e fabricação de pequenas peças em metal fotogravado, maioritariamente para o modelismo estático automóvel nas escalas 1/24 e 1/25. Com um já considerável e excepcional leque de propostas, chega-nos agora a informação dos últimos lançamentos da marca, entre eles, a de uma bem detalhada caixa de ferramentas e um sortido de ferramentas, ambas em metal fotogravado - latão niquelado - de alta definição, que servirá para complemento de qualquer kit automóvel ou mesmo diorama temático (já estou a imaginar uma oficina repleta de ferramentas e caixas... ou então...). Ambos os produtos são possíveis de utilização quer na escala 1/24 quer na 1/25. De referir que para já sem grande representação exterior, a melhor forma para adquirir estes e outros produtos, é contactar a marca diretamente.

Novo kit do puxa-empurra em resina vem da Sérvia.

A marca "Lift Here Decals", está a ultimar o lançamento à escala 1/72, do kit em resina, para o avião Reims-Cessna FTB-337, conhecido em Portugal, por "puxa-empurra".
Este kit, para já em duas versões, uma dedicada à Força Aérea Portuguesa (sim, o kit vem já com os decalques prontos para a FAP) e outra do mesmo aparelho, mas na versão da Força Aérea da antiga Rodésia de Ian Smith, irá incluir cerca de 50 partes em resina de alta qualidade, decalques específicos e à imagem da realidade, partes em plástico de vácuo e umas novas caixas, a julgar pelas imagens, bastante interessantes.
O lançamento a nível europeu será a tempo do próximo Natal.
Entretanto, os modelistas podem desde já começar a fazer a reserva na loja de modelismo preferida ou em opção, comprar diretamente aqui naLoja de modelismo.

Está para breve a chegada do Fiat G.91 à escala 1/32.

A italiana Dayglo Models está a ultimar os detalhes daquele que por certo irá ser um dos kits em resina do ano de 2017: o kit à escala 1/32 para fazer um Fiat G.91 R/3... sim, leram bem, 1/32... espectacular, não?


E pelo que nos foi apresentado até ao momento, só é pena realmente um detalhe; para esta edição limitada, com decalques exclusivamente para a Luftwaffe, a Dayglo bem que podia ter feito também os decalques para um dos nossos G.91... e as possibilidades eram inúmeras, visto Portugal ter sido um dos grandes utilizadores deste caça.
Mas vamos aos pormenores da fabricação e conteúdo previsto: os componentes são em resina de alta qualidade, e incluem a fuselagem principal, asas, abas, travões de velocidade, elevadores, caixa do trem principal de aterragem e travões de velocidade, portas de armamento para as versões R / R3, dois "narizes" diferentes, um para a versão de pré-série e outro para a versão de fotografia aérea, detalhe completo do cockpit, rodas, três tipos dife…